Sexo

Por Declev Dib-Ferreira em 24/10/2007

Hum…
Não há nada mais gostoso
Que deitar com você
Meu braço de travesseiro
Sentir teu cheiro
Enfiar meu rosto em teus cabelos
Sugar teus seios
Minha barba não machuca tua nuca
Mas você geme
Se arrepia e treme
Esse suor salgado
Quando lambo tuas costas
Quero te fazer recheio
Do sanduíche mais gostoso do mundo
Entre mim e o colchão -
Meu cúmplice
E te fazer minha cúmplice
Quando me aconchego entre tuas pernas
E sinto teu gosto embaixo das cobertas
Ah, esse cheiro embriagador
De sexo
Esse encaixe perfeito
Como côncavo e convexo
Os movimentos ritmados
Como em um balé bem ensaiado
Um balé de deuses e deusas
Dançando,
Ao criarem o universo

Textos Relacionados à "Sexo"

ParadoxoComo conquistar uma mulherPorque os pobres são cada vez mais feios e os ricos cada vez mais bonitos



Compartilhe:  Uêba  |   del.icio.us  |   Rec6  |   Linkk

Faça um Comentário

O que encontrar por aqui?

Estou unindo a minha cara de pau com o serviço inestimável de um blog cultural. Vejam só que idéia magnífica! Dói escrever e ninguém ler. Saiba mais

Quer assinar?

 Assine em um leitor Ou, receba por email:
Digite seu email: